Colóquio sobre a Igreja e o Convento de São Luis - Pinhel

15.06.11

“A Igreja e o Convento de São Luis de Pinhel” é o tema do colóquio que vai decorrer em Pinhel, a 16 e 17 de Julho.

A iniciativa é organizada pelo Centro Social e Cultural da Paróquia de Pinhel e pretende promover o estudo, o conhecimento e a divulgação do Património Religioso e Cultural de Pinhel, bem como dinamizar a vida sócio-cultural da paróquia, e do arciprestado e concelho de Pinhel.

Os trabalhos, que terão lugar no Cine Teatro S. Luís, começam às 9.30 horas, de 16 de Julho, com a Sessão de abertura em que participam D. Manuel Felício (Bispo da Diocese da Guarda), António Ruas (Presidente da Câmara Municipal de Pinhel) e Carlos Videira (Presidente da Junta de Freguesia de Pinhel).

 

A partir das 10.00 horas haverá comunicações que vão abordar os seguintes assuntos: “A Ordem Franciscana em Pinhel” (Victor Melícias, Ordem Franciscana); “Fundação e primeiros anos do Convento e Igreja de S. Luís” (Fernando Larcher), “Um franciscano no início do século da fundação do Convento de S. Luís: Frei Henrique de Coimbra” (Augusto Pereira Brandão, Universidade Lusófona), “Panorama das Observâncias da Família Franciscana ao tempo da Fundação do Convento de S. Luís (Madalena Pessoa Jorge Oudinot Larcher), “A igreja de S. Luís, classificada (Isabel Almeida, IGESPAR Castelo Branco), “Projecto de Recuperação da igreja de S. Luís (João Rafael), “Um olhar sobre a intervenção no edifício” (Regina Raick, Universidade Estadual Vale do Acaraú), “O altar e o teto da capela-mor da igreja de S. Luís” (Susana Lainho), “Paramentos dos séc. XVII e XVIII na igreja de S. Luís” (Manuela Pinto da Costa), “Inventário dos bens da igreja de S. Luís” (Maria João Vilhena e/ou Joana Pereira), “Peças da igreja de São Luís no Museu Municipal de Pinhel” (Laurindo Saraiva Monteiro), “Bens da igreja de S. Luís, Sé da Diocese de Pinhel, que transitaram para a Diocese da Guarda” (Eugénio Cunha Sério, Presidente da Comissão Diocesana de Arte Sacra).

 

No segundo dia, 17 de Julho, os trabalhos recomeçam às 10.00 horas, com a apresentação dos seguintes temas: “Segurança na igreja de S. Luís” (Leonor Sá, Polícia Judiciária), “Conventos Franciscanos na fronteira” (Universidade de Salamanca), “O fim do Convento de S. Luís e a reutilização dos espaços” (Pinharanda Gomes), “Conservação do edifício do Convento de S. Luis” (Pedro Antunes), “Espiritualidade Franciscana” (João Casqueiro), “Franciscano/s Pinhelense/s” (José António Fonseca dos Santos), “Dimensões Religiosas em nossos dias” (Susana Goulart Costa, Universidade Nova). A sessão de encerramento está programada para as 17.00 horas.

Do programa também faz parte a celebração da Missa, às 12.00 horas, na Igreja de S. Luís, presidida por D. Manuel da Rocha Felício, Bispo da Guarda, e a Liturgia de Vésperas, na igreja de S. Luis, às 18.00 horas.

 

Durante os dias do colóquio haverá actividades expressivas em arte plástica, escultura/pintura, fotografia, música e poesia.

publicado por dioceseguardacsociais às 15:05

Ordenações Sacerdotais na Sé da Guarda

15.06.11

No dia 3 de Julho, às 16.00 horas

 

João André Gomes Marçalo e Rafael José Almeida Neves serão ordenados sacerdotes, dia 3 de Junho, às 16.00 horas, na Sé da Guarda. A celebração será presidida pelo Bispo da Diocese, D. Manuel Felício.

O Diácono João Marçalo é natural de Colmeal da Torre, concelho de Belmonte. Actualmente, é Cooperador Pastoral nas Paróquias de Cótimos, Cogula, Vale do Seixo e Vila Garcia, sob orientação do Padre Joaquim António Marques Duarte.

O Diácono Rafael Neves é natural de Vale de Estrela, concelho da Guarda. É Cooperador Pastoral na Paróquia da Conceição (Covilhã), sob orientação do Padre Fernando Brito dos Santos e com mandato para exercer funções pastorais também nas Paróquias de S. José e Vila do Carvalho, de que é Pároco o Padre Henrique Manuel dos Santos.

Ao comunicar a data da ordenação dos novos padres, D. Manuel Felício refere: “Desejamos viver intensamente, em aprofundamento espiritual e reconhecida acção de graças a preparação das duas ordenações sacerdotais que terão lugar no próximo dia 3 de Julho, na nossa Catedral da Guarda”.

E acrescenta: “Convido, por isso, toda a nossa Diocese a viver estas duas semanas que nos separam do acontecimento em clima de verdadeira vigília de oração para agradecer este grande dom de dois presbíteros ao nosso Presbitério e ao mesmo tempo pedir a santificação de todos os sacerdotes. Vivemos a convicção de que o trabalho dos nossos padres só tem valor e só consegue os resultados pretendidos na medida da sua ligação à Pessoa de Jesus Cristo, o verdadeiro Bom Pastor que a todos nos guia”.

Os futuros padres, João Marçalo e Rafael Neves, vão celebrar Missas de Acção de Graças a 10 e 17 de Julho, em Colmeal da Torre e Vale de Estrela, respectivamente.

publicado por dioceseguardacsociais às 12:04

Bispo reúne com padres mais novos

15.06.11

O Bispo da Guarda convidou os padres ordenados nos últimos anos, na Diocese da Guarda, para um encontro de reflexão. A reunião está marcada para a próxima segunda-feira, 20 de Junho, em Buarcos.

Espaço de oração, convívio e estudo sobre o próximo Sínodo dos Bispos, são alguns dos assuntos que fazem parte da agenda do encontro de D. Manuel Felício com os padres ordenados desde 2001.

publicado por dioceseguardacsociais às 12:04

Conselho Presbiteral analisa distribuição do Clero

15.06.11

O Conselho Presbiteral da Diocese da Guarda vai reunir no dia 1 de Julho, no Seminário da Guarda.

Da agenda do encontro fazem parte os seguintes assuntos: Distribuição do Clero; Plano Pastoral Diocesano com a sensibilização das comunidades para a importância da Palavra de Deus; Legislação diocesana sobre administração paroquial; Preparação da Assembleia Geral do Clero a realizar em 2012; apresentação de relatórios (Secretariado do Clero; Repensar a pastoral da igreja em Portugal; Diaconado permanente).

Sobre a distribuição do clero, a Diocese da Guarda acaba de divulgar um documento onde dá conta do número e das responsabilidades pastorais dos sacerdotes. Actualmente, a Diocese tem 88 párocos, 8 sacerdotes que trabalham pastoralmente para paróquias determinadas, 8 sacerdotes que podem responder pontualmente, 5 padres que trabalham nos Seminários e Pré-Seminário.

Por arciprestados, os padres estão distribuídos da seguinte forma: Almeida – 4 párocos (21 paróquias); Alpedrinha – 4 párocos (12 paróquias); Celorico da Beira – 4 párocos (22 paróquias); Covilhã – 11 padres (21 paróquias); Figueira de Castelo Rodrigo – 3 párocos (19 paróquias); Fundão – 8 párocos (26 paróquias); Gouveia – 5 párocos (23 paróquias); Guarda – 13 párocos (42 paróquias); Manteigas/Belmonte – 4 párocos (15 paróquias); Penamacor – 4 párocos (12 paróquias); Pinhel – 4 párocos (29 paróquias); Rochoso – 3 párocos (21 paróquias); Sabugal - 7 párocos (37 paróquias); Seia – 8 párocos (29 paróquias); Trancoso – 7 párocos (31 paróquias).

Na diocese há 19 padres que não podem colaborar nos serviços pastorais devido à falta de saúde.

publicado por dioceseguardacsociais às 12:03

mais sobre mim

pesquisar

 

Junho 2011

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
17
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
29
30

comentários recentes

mais comentados

subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro