Escola da Comunidade de Kilenda vai abrir em Fevereiro

Liga dos Servos de Jesus envia dois novos elementos para Angola

 

A Liga dos Servos de Jesus, que, desde 11 de agosto de 2008, tem uma comunidade de irmãs em Angola, envia, esta quarta-feira, 23 de Janeiro, mais dois elementos para reforçar a equipa. Isabel Varandas, como Voluntária e Céu Vale, membro em formação na Liga, partem para apoiar e fortalecer a obra que está a dar os primeiros passos em terra de missão.

A comunidade situa-se na Kilenda, Diocese do Sumbe, e prepara-se para abrir uma escola, em Fevereiro, uma vez que é nessa altura que tem início o ano lectivo, em Angola.

Neste primeiro ano, a escola funcionará a título de experiência, com crianças a partir dos cinco anos. Prevê-se um total de 400 crianças, divididas em dois turnos, com cerca de duzentas cada. Isabel Varandas e Céu Vale, em colaboração com as irmãs da comunidade, vão dar o seu contributo na organização da referida escola, que vai ser orientada pelo Ministério da Educação local (MED), cujo Ministro é Pinda Simão, ao qual cabe a escolha e colocação, na escola, do pessoal docente e pessoal auxiliar. Os currículos a cumprir serão os definidos pelo referido Ministério.

Além desta colaboração, os dois elementos que a Liga ora envia para Angola irão ainda dedicar muito do seu tempo à formação contínua de todo o pessoal colocado na escola, uma vez que são detentoras de formação profissional adequada para o efeito.

Maria da Graça, Coordenadora Geral da Liga dos Servos de Jesus adiantou ao Jornal A GUARDA que “essa formação vai ser embebida dos valores e princípios que a Liga defende e pretende transmitir, o que, pensamos, vai imprimir a todo o trabalho um objectivo específico: formar para os valores”.

É também intenção da Liga, e de acordo com as autoridades locais, desenvolver, em Kilenda, um Projecto de Alfabetização de jovens e adultos, os quais, em tempo oportuno, não puderam cumprir a escolaridade a que têm direito, pela Lei de Bases do Sistema de Educação, Lei 13/01, de 31 de Dezembro, que assegura a obrigatoriedade e gratuidade do ensino Primário.

Na ida para Angola, Isabel varandas e Céu Vale, vão acompanhadas, ainda que por um período curto de tempo, do Vigário Geral, Cónego Manuel Matos, que irá fazer formação na Comunidade da Kilenda, nas áreas da família, catequese, Liturgia e acção social.

 

publicado por dioceseguardacsociais às 09:36