A Banda Jota vai apresentar, no dia 22 de Novembro, às 17.00 horas, no Teatro Municipal da Guarda, o CD «Obrigatório Ser». Este concerto pretende lançar, de modo oficial, o segundo trabalho da Banda Jota na Diocese, e promover uma acção solidária para com o Centro de Apoio à Vida (CAV). A entrada no concerto será de três euros, revertendo um euro para o CAV.

O CD «Obrigatório Ser» é o segundo trabalho da Banda Jota, banda católica de estilo pop-funk, da Diocese da Guarda. Este CD apresenta 13 canções que desafiam quem as “escuta a ser um cristão autêntico” – sublinha um comunicado enviado da Banda. E acrescenta: “As letras centram-se nos valores fundamentais do Evangelho, cantando o valor da oração quotidiana e acções concretas que revelam o que significa ser cristão”.

A Banda Jota nasceu em 2003 como um projecto de música de inspiração cristã do Departamento Diocesano da Pastoral Juvenil da Guarda - DPJG. O primeiro desafio foi a participação no Fórum Juvenil que a Pastoral Juvenil da diocese organizou. Desde então, os 10 elementos da banda, provenientes de vários pontos da diocese da Guarda, assumiram como objectivo de vida a composição de temas que anunciam e testemunham o ritmo que a mensagem de Jesus imprime nas suas vidas! Têm-se dedicado a animar encontros de jovens e a fazer concertos por todo o país, de norte a sul. Já passaram por locais como Fundão, Coimbra, Leiria, Fátima, Viana do Castelo, Belmonte, Fernão Joanes, Celorico da Beira, Portimão, Pinhel, Covilhã, Guarda, Figueira de Castelo Rodrigo, Santo Tirso, Abrantes, S. Miguel, Colmeal da Torre, Seia, Sertã, Gonçalo, Braga, Paços da Serra. O tema mais conhecido, intitulado [A]Braços, atingiu elevados níveis de popularidade, o que levou a Banda a gravar em estúdio.

Em 2006 saiu o primeiro cd, de título [A]braços, pelas Edições Salesianas.

publicado por dioceseguardacsociais às 10:20