O Padre Paulo José Sequeira Figueiró, da Diocese da Guarda, foi nomeado, pela Conferência Episcopal Portuguesa, como Vice-Reitor do Pontifício Colégio Português, em Roma. A tomada de posse para as novas funções, está marcada para o dia 1 de Setembro. Na mesma ocasião também tomará posse, como novo Reitor, o actual Vice-Reitor, padre José Fernando Caldas Esteves, da Diocese de Viana do Castelo, que substitui no cargo, o padre José Manuel Garcia Cordeiro, nomeado, em 18 de Julho, pelo Papa Bento XVI, como bispo de Bragança-Miranda.

O Padre Paulo Figueiró é natural de Avelãs de Ambom, concelho da Guarda, sendo o último de quatro irmãos (16/09/1977). Frequentou os Seminários Diocesanos de Fundão e Guarda e foi ordenado sacerdote a 30 de Junho de 2002, por D. António Dos Santos, na Sé da Guarda. Depois de terminar os estudos teológicos, passou pela paróquia de Trancoso, durante um ano, altura em que foi ordenado diácono e Padre.

Em Setembro de 2002 foi nomeado Director Espiritual do Seminário do Fundão. Em Julho de 2007 foi nomeado Pároco de Alpedrinha, Póvoa de Atalaia, Orca e Zebras; Administrador Paroquial de Castelo Novo, Soalheira, Louriçal do Campo e Atalaia do Campo.

Em Julho de 2009, foi enviado para Roma, a frequentar, na Universidade Gregoriana, um curso de formadores de Seminários.

A nomeação para Vice-Reitor é por um mandato de três anos.

O Padre Paulo Figueiró encara a nomeação “como um serviço à Igreja”, apesar de mostrar “algum receio” em relação à nova missão.

Contactado pelo Jornal A Guarda, o Padre Paulo Figueiró referiu que “o Pontifício Colégio Português continua a desempenhar um papel muito importante no apoio aos padres portugueses que estão a estudar em Roma”. O Colégio Português também recebe padres de outros países, devido ao número reduzido de sacerdotes a estudar em Roma (uma dúzia). Actualmente, integram o Colégio cerca de quarenta sacerdotes provenientes de 12/13 países.

publicado por dioceseguardacsociais às 10:22