Começa hoje, 24 de Agosto, a peregrinação anual da Diocese da Guarda, a Fátima.

Na mensagem para este acontecimento, o Bispo da Guarda referiu: “Vamos nesta peregrinação pedir a Nossa Senhora de Fátima que nos ajude a viver intensamente a nossa responsabilidade de discípulos missionários, a qual nos faz voltar para fora e convocar outros para o verdadeiro encontro com o Mestre”.

No documento adianta que a peregrinação já não é para a maioria das pessoas uma viagem “a pão e água, nem também peregrinação a pé, embora esta devoção continue a ser cumprida por muitos, mas queremos que seja realmente e acima de tudo uma peregrinação”.

“Peregrinação que nos põe a caminho ao encontro de Maria e, por ela, do Senhor Jesus, seu Bendito e Amado Filho e nosso Salvador. Peregrinação que sobretudo faça de nós mais discípulos de Cristo, diante do grande modelo de todos os discípulos que é Nossa Senhora”, explica D. Manuel Felício.

A iniciativa pretende motivar a diocese “para viver, ao longo do novo ano pastoral, com entusiasmo, a descoberta da Palavra de Deus, na companhia do Evangelho de S. Marcos” e também para “levar a outros a inquietação do encontro com Deus e o gosto de conhecer cada vez mais e melhor a pessoa de Cristo, através da sua Palavra”.

O Prelado Diocesano termina dizendo: “Diante de Maria, nesta nossa peregrinação, fazemos o propósito de viver todo o novo ano pastoral empenhados no encontro com a Palavra de Deus e no esforço por dar cumprimento aos imperativos da nova evangelização”.

O programa da Peregrinação começa, com a celebração penitencial na igreja da Santíssima Trindade, com confissão individual, celebração do Terço na Capelinha das Aparições, Procissão de velas e vigília de oração na Basílica.

Amanhã, às 10.00 horas, terá início a procissão da Capelinha para a igreja da Santíssima Trindade, onde será celebrada a missa de encerramento da peregrinação.

publicado por dioceseguardacsociais às 10:20