Dar a conhecer o património religioso do concelho de Seia é o principal objectivo da exposição que está a decorrer, na Casa Municipal da Cultura de Seia. Inaugurada no dia 21, a exposição pode ser visitada até ao próximo domingo, 28 de Março.

Intitulada “Grandes são as obras do Senhor” esta exposição é uma organização conjunta da Câmara Municipal de Seia e da Diocese da Guarda.

Para Cristina Sousa, Vereadora da Câmara Municipal de Seia, “esta mostra tem como principal objectivo dar a conhecer, a quem a visita, algumas das mais valiosas peças existentes em cada uma das freguesias do concelho, tais como esculturas, paramentos, livros religiosos, entre outros”.

A exposição conta com as seguintes obras de arte: Nossa Senhora do Rosário, de Alvoco da Serra; São Romão, de Cabeça; Nossa Senhora das Neves, de Carragosela; Cristo, de Folhadosa; Santa Maria Madalena, de Girabolhos; Custódia, de Lages; Símbolo de Fé, de São Romão; Santa Maria Maior, de Loriga; Custódia – Cálice, de Paranhos da Beira; Santa Luzia, de Pinhanços; Turíbulo e Naveta, Sabugueiro; Nossa Senhora do Rosário, de Sameice; Nossa Senhora do Rosário, de Sandomil; Santa Rita, de Santa Comba; São Paulo, de Santa Eulália; Menino Jesus, de Santa Marinha; São Tiago, o Menor, de Santiago; São Martinho, de São Martinho; Nossa Senhora das Dores, de São Romão; Nossa Senhora do Rosário, de Sazes da Beira; Casula, Dalmática, Capa de Asperges, Estola e Manipulo, de Seia; Custódia, de Teixeira; Cruz Processional, de Torroselo; Missal Romano, de Tourais; Nossa Senhora da Ajuda, de Travancinha; São Sebastião, de Várzea de Meruje; Nossa senhora do Carmo, de Valezim; Coroa, de Vide; Calvário, de Vila Cova à Coelheira.

Sobre esta iniciativa, D. Manuel Felício, Bispo da Guarda refere que “vai dignificar o concelho, que assim apresenta mais uma das suas importantes potencialidades de afirmação para além de dar oportunidade a cada uma das freguesias e paróquias representadas de se reverem, com legítimo orgulho, na sua ou suas peças que integram esta exposição”. 

Para o padre Eugénio Sério, Presidente da Comissão de Arte Sacra da diocese da Guarda e responsável pela direcção e coordenação da exposição “ao repararmos nos objectos expostos, sentiremos gosto e vontade de observarmos tanta maravilha que as igrejas do concelho senense nos poderão oferecer, pois, em variados aspectos, possuem riquezas ainda bastante valiosas mas nem sempre conhecidas”.

Esta exposição aparece na sequência do inventário que a Diocese da Guarda fez em todas as paróquias do concelho de Seia, “de acordo com as normas técnicas superiormente estabelecidas”. Para D. Manuel Felício “a partir de agora sabemos o que temos e onde se encontra” e, por isso, louva a atitude da Câmara de Seia que aceitou “patrocinar esta exposição/mostra das muitas peças de arte cristã que temos espalhadas pelo concelho”.

A divulgação, promoção e salvaguarda da exposição “Grandes são as obras do Senhor” foi garantida pela autarquia, através da publicação de um catálogo, em que são apresentadas e descritas todas as peças patentes na Casa Municipal da Cult

publicado por dioceseguardacsociais às 10:24