Seia | Gouveia - Ciclo de Conferências de Primavera 2016

23.03.16

Seia | Gouveia  - Ciclo de Conferências de Primavera 2016

 

As paróquias de S. Martinho – Póvoa Nova, Santa Marinha – Eirô, do arciprestado de Seia e as paróquias de Paços da Serra, Moimenta da Serra e Mangualde da Serra do arciprestado de Gouveia, promovem, pelo segundo ano consecutivo, um ciclo de conferências intituladas “Conferências de Primavera”. As conferências são abertas à participação de todos os que em cada uma das paróquias formam a unidade pastoral paroquial.

As conferências abordarão os seguintes temas: “A compaixão de um estrangeiro”, por D. Manuel Felício, bispo da Guarda, em Paços da Serra, no dia 1 de Abril às 21.30 horas; “A misericórdia e a justiça”, por Padre Vasco Pinto Magalhães, director do Centro Universitário da Companhia de Jesus no Porto, em Santa Marinha, dia 8 de Abril às 21.00 horas; “Francisco, papa da misericórdia”, por Padre Manuel Matos, Vigário Geral da Diocese da Guarda, em São Martinho, dia 15 de Abril às 21.30 horas; “O perdão e a unção, sacramentos da misericórdia”, por Padre José Dionísio, director do Secretariado da Liturgia da Guarda, em Mangualde da Serra, dia 22 de Abril, às 21.30 horas; “A misericórdia de deus na missão, um testemunho” por D. Manuel dos Santos, bispo de São Tomé e Príncipe, em Moimenta da Serra, dia 29 de Abril às 21.30 horas.

 

 

publicado por dioceseguardacsociais às 12:38

Santa Marinha - Actuação do grupo “Jovem Levanta-te”

23.03.16

Santa Marinha - Actuação do grupo “Jovem Levanta-te”

 

O grupo “Jovem Levanta-te” da Quinta da Princesa, paróquia da Amora, diocese de Setúbal, que participou no programa ‘Got Talent Portugal’ da RTP1 com uma encenação de teatro negro onde é o nome de Jesus que brilha e assume o protagonismo, fará uma actuação na paróquia de Santa Marinha, no dia 2 de Abril, às 21.30 horas.

O grupo “Jovem Levanta-te” nasceu em 2008, e reúne os seus cerca de 25 elementos aos Domingos à tarde.

publicado por dioceseguardacsociais às 12:38

Agenda episcopal

23.03.16

Agenda episcopal

 

De 27 de Março a 2 de Abril, D. Manuel Felício, Bispo da Guarda, participa nas seguintes iniciativas:

 

27  de Março, Domingo de Páscoa da Ressurreição: Celebração da Eucaristia Pascal em Vale do Seixo (9.00 horas), Carnicães (10.20 horas), Freches (11.30 horas). Em cada um dos lugares a Eucaristia é seguida de Procissão da Ressurreição.

 

28  segunda-feira: Em Penamacor (Santuário da Senhora do Incenso), peregrinação jubilar arciprestal, com início às 11.30 horas.

 

30  quarta-feira: 10.00 horas – em Fátima, Congresso sobre a Misericórdia promovido pela Congregação dos Padres Marianos da Imaculada Conceição, no Centro Pastoral Paulo VI.

 

1  de Abril, sexta-feira – 21.00 horas – em Santa Marinha, evento sobre o Jubileu da Misericórdia.

 

2  sábado: 10.00 horas – Jornada Diocesana de Pastoral destinada a sacerdotes, diáconos e colaboradores pastorais. Nas instalações do Centro Apostólico D. João de Oliveira Matos (Guarda). Os trabalhos têm a orientação do Bispo de Lamego, D. António Couto.

 

publicado por dioceseguardacsociais às 12:37

Vilar Maior – Sabugal - Concerto “As sete últimas palavras de Cristo na Cruz”

23.03.16

cartaz concerto V.MAIOR.JPG

Vilar Maior – Sabugal - Concerto “As sete últimas palavras de Cristo na Cruz”

 

O Quarteto de Santa Cruz, com Jorge Silva, vai apresentar “As sete últimas palavras de Cristo na Cruz” de Joseph Hayndn, na Igreja Matriz de Vilar Maior, no concelho do Sabugal, Diocese da Guarda. O concerto terá lugar Sexta-Feira Santa, 25 de Março, pelas 18.15 horas, no final da Procissão dos Passos.

O Quarteto Santa Cruz de Coimbra, é constituído por músicos com larga experiência na interpretação de música antiga historicamente informada. Este grupo aborda este reportório com critérios históricos e filológicos, numa interpretação com o máximo de autenticidade, através do uso de instrumentos e técnicas de execução da época, aproximando-se com um maior rigor da ideia que presidiu à escrita destas obras musicais, pelos compositores. A composição do grupo é gerida em função do reportório apresentado em cada concerto/projecto musical.

O Quarteto estreou-se em Coimbra, na Igreja de Santa Cruz, em 2005, executando as Sete Últimas Palavras de Cristo na Cruz de J. Haydn. Tocou em diversas salas de concerto em Espanha e Portugal, com diferentes programas donde se destacam os Quintetos para quarteto de cordas e Guitarra Romântica de Boccherini, nas comemorações dos 200 anos da sua morte.

publicado por dioceseguardacsociais às 12:35

Vamos celebrar o Tríduo Pascal

16.03.16

Vamos celebrar o Tríduo Pascal

 

Aproxima-se o coração de todo o ano litúrgico e a celebração mais densa do núcleo da Fé Cristã – o Mistério Pascal.

Domingo próximo é Domingo de Ramos e com ele iniciamos a Semana Santa, que termina com o Tríduo Pascal.

Na Quinta-Feira Santa comemoramos a instituição da Eucaristia, evocando a Última Ceia de Jesus com os discípulos.

Na Sexta-Feira Santa celebramos a Morte de Cristo, sem a Eucaristia, mas comungando o corpo de Cristo. A Cruz e o Mistério da Redenção que ela representa ficam no centro das atenções do Povo Cristão. O relato da Paixão é o momento mais denso que nos conduz ao mistério da morte de Cristo, chave de leitura da nossa própria morte e abertura de novos horizontes de esperança para toda a humanidade. A procissão do enterro, à noite, prolonga esta meditação.

O Sábado Santo é tempo de silêncio e meditação diante do sepulcro de Cristo.

A Vigília Pascal, que deve começar depois de chegar a noite e terminar antes do alvorecer, é o centro de todo o ano litúrgico, a vigília mãe de todas as vigílias, celebra a novidade por excelência da Fé Cristã, proclamando que a vida venceu a morte. E esta vitória é oferecida a todos os que nele acreditam e pelo Baptismo com ele ficam configurados. Por isso, a Liturgia Eucarística é sempre completada com a Liturgia Baptismal. Este é, por isso, o lugar apropriado para a celebração do Baptismo e também para cada um dos baptizados revisitar o seu Baptismo e a sua consequente condição de discípulo de Cristo com ele comprometido na obra da redenção.

Procuremos, por isso, criar todas as condições, interiores e exteriores, incluindo a organização do nosso tempo, para que o Tríduo Pascal seja, de verdade, a grande experiência da Fé.

Na Missa Crismal que se celebra na manhã de Quinta-Feira Santa, todo o Presbitério é chamado a concelebrar com o Bispo Diocesano, em acção de graças pelo dom do Ministério Sacerdotal e expressar a comunhão e o compromisso de sermos padres segundo o coração de Cristo para bem de todo o Povo de Deus que nos está confiado. Como habitualmente acontece, festejaremos, nesta celebração, as datas jubilares mais significativas dos sacerdotes do nosso Presbitério.

O Tríduo Pascal é, assim, a grande oportunidade que Deus nos dá para vivermos a Fé e experimentarmos a sua força na nossa vida e na vida do mundo. E vamos aproveitá-la.

 

 

+Manuel R. Felício, Bispo da Guarda

publicado por dioceseguardacsociais às 11:15

Agenda episcopal

16.03.16

Agenda episcopal

 

De 20 a 26 de Março, D. Manuel Felício, Bispo da Guarda, participa nas seguintes iniciativas:

 

20   Domingo de Ramos: 11.00 horas – Celebração dos Ramos, com início na Igreja da Misericórdia, procissão dos Ramos para a Sé e aí Missa da Paixão; 16.30 horas – Procissão dos Passos em Pousafoles do Bispo.

 

23   Quarta-feira: De manhã, na Ruvina, a acompanhar retiro de jovens; 16.00 horas – em Coimbra, na CCDR para tratar de assuntos de património de arte sacra.

 

24 Quinta-Feira Santa – dia da Eucaristia, do sacerdócio e do mandamento novo: Na Sé – 10.30 horas, Missa Crismal: concelebração do Presbitério presidida pelo Bispo Diocesano, renovação das promessas sacerdotais, consagração e bênção dos santos óleos; 19.00 horas, Missa comemorativa da última Ceia de Jesus com os apóstolos, incluindo rito do lava-pés, terminando com procissão do Santíssimo Sacramento no interior da Sé. Ofertório para os pobres.

 

25  Sexta-Feira Santa – Celebração da Paixão do Senhor. Dia de jejum e abstinência:  Na Sé – 9.30 horas, Ofício de Leituras e Laudes; 17.30 horas, acção litúrgica comemorativa da Morte de Cristo, com liturgia da Palavra, adoração da Santa Cruz e Sagrada Comunhão. Ofertório para os lugares santos. A partir da Igreja da Misericórdia, 21.00 horas – Procissão evocativa da morte e sepultura de Jesus, com pregação.

 

26  Sábado Santo: Dia dedicado a meditar na Paixão e Morte de Jesus, diante da sua sepultura – na Sé, 9.30 horas - Ofício de Leituras e Laudes; 22.00 horas – Vigília Pascal: Liturgia da Luz, com bênção do Lume Novo e Círio Pascal; Liturgia Baptismal, com bênção da água e renovação das promessas do Baptismo; Eucaristia da Ressurreição do Senhor.

 

 

 

publicado por dioceseguardacsociais às 11:14

mais sobre mim

pesquisar

 

Março 2016

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
24
25
26
27
28
29
30
31

comentários recentes

mais comentados

subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro