Apresentação do Livro do Padre José Manuel Martins

25.11.10

publicado por dioceseguardacsociais às 15:56

Guarda promove acções de formação sobre novos catecismos

24.11.10

O Departamento Diocesano da Catequese de Infância e Adolescência está a promover acções de formação, para catequistas, sobre os novos catecismos em toda a Diocese da Guarda, por zona pastoral.

No próximo sábado, 27 de Novembro, a formação será orientada para os catequistas da Zona Pastoral Norte (Arciprestados de Almeida, Figueira de Castelo Rodrigo, Pinhel e Trancoso). A acção de formação terá lugar no Centro Paroquial de Pinhel das 9.30 às 16.30 horas.

O Sabugal recebe a acção de formação para a Zona Pastoral Centro (Arciprestados de Guarda, Manteigas-Belmonte, Rochoso e Sabugal), no sábado dia 4 de Dezembro.

 

Nas Zonas Pastorais Sul e Oeste a formação já decorreu com assinalável participação de catequistas. Para os Arciprestados de Alpedrinha, Covilhã, Fundão e Penamacor, os novos catecismos foram tema de análise no dia 31 de Outubro, no Centro Paroquial da Covilhã. Participaram 52 catequistas das Paróquias de Covilhã: S. Pedro, Srª da Conceição, Tortozendo, S. Martinho, Dominguizo, Unhais, Boidobra, Cortes, S. José, Erada e Vila do Carvalho; e de Fundão: Telhado e Aldeia de Joanes.

 

No dia 13 de Novembro a acção decorreu no em Seia, no Centro Paroquial, para os Arciprestados de Celorico, Gouveia e Seia. Foram 81 catequistas que quiseram conhecer melhor os novos catecismos. Participaram catequistas de Seia, Paranhos da Beira, Sandomil, S. Romão, Loriga, Sandomil, Stª Marinha, Tourais, Corgas, S. Martinho, Torrozelo, Vila Cova, Alvoco da Serra, Folhadosa, Stª Eulália, Várzea, Cabeça, Sameice, Cativelos e Vila Nova de Tazem.

De referir a presença e a visita de alguns párocos no decorrer dos trabalhos.

 

 

publicado por dioceseguardacsociais às 10:31

Sagrado Lausperene na Diocese da Guarda

24.11.10

Ao longo do mês de Dezembro, haverá Sagrado Lausperene nas seguintes paróquias da Diocese da Guarda: 1- Rapa; 2 – Malpartida; 3 - Rio de Mel; 4 – Açores; 5 - Cortiçô da Serra; 6 – Penalobo; 7 - Castanheira (Jarmelo); 8 – Marmeleiro; 9 - Casal de Cinza; 10 - Santa Eulália; 11 – Capinha; 12 – Senouras; 13 – Bendada; 14 – Freches; 15 – Peraboa; 16 - Vila Boa (Sabugal); 17 – Arcozelo; 18 - Freixo da Serra; 19 – Juncais; 20 - Pera do Moço; 21 – Arrifana; 22 – Ratoeira; 23 – Pínzio; 24 - Torre do Terrenho; 25 – Reboleiro; 26 - Póvoa de Atalaia; 27 – Penamacor; 28 - S. Pedro (Jarmelo); 29 – Pomares; 30 - Vila Franca das Naves; 31 – Inguias.

publicado por dioceseguardacsociais às 10:30

Recolecção do Advento para o Clero

24.11.10

No dia 29 de Novembro, vai decorrer no Seminário da Guarda a recolecção do Advento para o Clero. O programa começa às 10.00 horas com a Oração Intermédia, seguindo-se a Introdução ao tempo de adoração. Às 11.30 horas terá lugar a bênção a que se seguirá um pequeno intervalo.

A Missa de sufrágio pelos sacerdotes falecidos do Presbitério da Guarda, incluindo os bispos, será às 12.00 horas, na Capela do Seminário. Esta celebração é aberta a todas as pessoas que queiram participar.

 

O almoço será às 13.00 horas, seguindo-se, às 14.30 horas, uma conferência sobre a formação permanente do Clero, a partir do livro “Quando for grande quero ser Sacerdote. Seduzidos por Cristo e testemunhas da sua Ressurreição”, de que é autor o Padre José Manuel Martins de Almeida, que também é o conferencista do dia.

A recolecção termina com a Oração de vésperas, às 16.00 horas.

publicado por dioceseguardacsociais às 10:25

Bispo da Guarda reuniu com União dos Sindicatos de Castelo Branco

24.11.10

D. Manuel Felício recebeu, em audiência, na Casa Episcopal, no dia 17 de Novembro, a União dos Sindicatos de Castelo Branco.

A responsabilidade social dos trabalhadores enquanto cidadãos na hora de fazer face à grave crise que o país atravessa, foi o tema da agenda.

Ficou claro, nesta audiência, que é preciso encontrar um novo modelo de desenvolvimentio que seja mais inclusivo de todos e menos penalizante para os mais desfavorecidos.

 

Ficou também claro que a economia em geral e os métodos de produção em particular sem ética são de rejeitar, pois ficam automaticamente sujeitos à lei do mais forte.

 

No rescaldo do encontro D. Manuel Felício adiantou que “é preciso pedir aos responsáveis pela administração pública que o aperto de cinto que a todos nos está a ser imposto sirva prioritariamente para introduzir os desempregados, em número que continua crescente, de novo no processo de produção e para que se possa abrir a porta de entrada no mundo do trabalho, que é mais do que o mundo do emprego, aos jovens, que, em grande número, estão fora dele e alguns com cursos superiores, mas sem a possibilidade de porem a render as suas competências”.

 

Acrescentou que é preciso “pedir a quem nos governa que faça uma distribuição mais equitativa dos sacrifícios que a todos nos estão a ser pedidos”.

publicado por dioceseguardacsociais às 10:25

Guarda aposta nos Cursos de Preparação para o Matrimónio

16.11.10

 O Secretariado Diocesano da Pastoral Familiar divulgou, esta semana, o calendário das sessões dos Cursos de Preparação para o Matrimónio (CPM).

Almeida (7 de Janeiro e 8 de Junho de 2011, na Casa Paroquial); Celorico da Beira (13 de Novembro 2010 e 11 de Junho de 2011, no Centro D. João Oliveira Matos), Tortosendo e Covilhã (19 de Fevereiro, 2 de Julho e 24 de Setembro, no Seminário do Verbo Divino), Fundão (13 de Novembro de 2010, 19 de Fevereiro, 9 de Abril e 18 de Junho de 2011, no Centro Paroquial), Guarda (29 de Janeiro e 7 de Maio de 2011, no Centro Apostólico), Penamacor (13 de Novembro de 2010 e 26 de Março de 2011, no Instituto Pina Ferraz), Pinhel 29 de Janeiro e 2 de Junho de 2011, no Centro paroquial), Trancoso (30 de Abril e 7 de Maio, de 2011, no Centro de Catequese), Tourais (11 de Dezembro de 2010 e 23 de Julho de 2011), são os locais onde vão decorrer os cursos.

O padre Joaquim Duarte, Director do Secretariado, lembra que “é intuito deste secretariado, promover e fortalecer as estruturas diocesanas de pastoral familiar, e criar, a nível de cada zona pastoral, ou mesmo até de arciprestado, uma pequena equipa da Pastoral Familiar, que dinamize em estreita colaboração com o secretariado e com os respectivos párocos, toda a pastoral familiar na sua região”.

Para concretizar este objectivo, a Jornada da Pastoral Familiar deixará de ser num único dia, e passará a ter acções em cada Zona Pastoral. “Estas acções terão lugar nos últimos dois domingos de Fevereiro, entre as 15.00 e as 17.00 horas, respectivamente, no dia 20 de Fevereiro, nas zonas Norte e Oeste, e no dia 27 de Fevereiro, nas zonas Centro e Sul”, explica o padre Joaquim Duarte.

No calendário agora distribuído aparecem também enumeradas as actividades programadas para casais e famílias, onde se destacam as Jornadas nacionais da pastoral Familiar (de 12 a 14 de Novembro, em Fátima), a recolecção, missa e ceia de Natal (11 de Dezembro, no Seminário da Guarda), o 5º Dia Diocesano da Família (15 de Maio, Sabugal).

O Dia da Sagrada família (26 de Dezembro), Dia dos Namorados (14 de Fevereiro), Dia do Pai, (19 de Março); Dia da Juventude (17 de Abril), Dia da Mãe (1 de Maio), Dia Internacional da família (15 de Maio), Semana da Vida (8 a 15 de Maio), Dia da Criança (1 de Junho) e Dia dos Avós (26 de Julho) são outras das datas que o Secretariado da Pastoral Familiar convida a celebrar nas paróquias e movimentos.

 

 

publicado por dioceseguardacsociais às 17:26

Pastoral Juvenil diocesana

15.11.10

O Departamento da Pastoral Juvenil da Guarda (DPJG) tem traçado já o perfil da pastoral que pretende concretizar este ano. Com os olhos postos nas Jornadas Mundiais da Juventude, que ocorrerão em Madrid entre os dias 16 e 21 de Agosto próximo, este serviço diocesano propõe-se, além do plano bienal que havia sido traçado em 2009 e que sofreu alguns ajustes, garantir a participação dos jovens neste encontro mundial e continuar na senda da formação.

Assim é de realçar o Curso de Animadores de grupos de Jovens, numa organização conjunta com a diocese de Viseu, a realizar nos dias 27 e 28 de Novembro de 2010, 12 e 13 de Março, e 21 e 22 de Maio de 2011; e os encontros para dar a conhecer as JMJ direccionado para jovens que frequentam a Catequese do 10º ano nos dias 12 de Fevereiro (Fundão), 19 de Fevereiro (Pinhel), 26 de Fevereiro (Guarda) e 19 de Março (Seia).

Mantém-se o Dia Diocesano da Juventude, no dia 16 de Abril, que este ano ocorrerá na cidade de Seia e que incluirá o Festival Diocesano; os Laços de Oração previstos para os dias 10 de Dezembro, 11 de Março e 28 de Maio; o Retiro Jovem “Travessia no Deserto” no dia 26 de Março; a Peregrinação Fátima Jovem dias 7 e 8 de Maio; o Conselho Diocesano da Pastoral Juvenil (CDPJ) e a Assembleia de Grupos no dia 4 de Junho.

Para os jovens que vão participar nas JMJ, o DPJG vai preparar um acampamento nos dias 23 e 24 de Julho.

Estão previstos também a edição em Livro dos “Laços de Oração” e um novo cd da Banda Jota.

publicado por dioceseguardacsociais às 14:10

Semana dos Seminários

05.11.10

Mensagem de D. Manuel Felício, Bispo da Guarda, no âmbito da Semana dos Seminários, que se celebra de 7 a 14 de Novembro de 2010

 

O Seminário, comunidade de discípulos de Cristo a caminho do Sacerdócio Ministerial

 

Em carta recentemente dirigida aos seminaristas de todo o mundo, o Papa Bento XVI contava a seguinte experiência pessoal. Em Dezembro de 1944 foi chamado para o serviço militar, na Alemanha, quando a II Guerra Mundial se encaminhava para o seu termo. O Comandante da sua Companhia resolveu perguntar aos que foram chamados para esta incorporação o que pretendiam fazer no futuro. Joseph Ratzinger disse que queria ser sacerdote católico. Resposta pronta do chefe militar: tens de procurar outra coisa qualquer, pois na Nova Alemanha já não há necessidade de padres.

A profecia não se cumpriu.

Esta “Nova Alemanha” duraria apenas mais uns escassos meses e a necessidade do Sacerdócio Católico, num mundo e numa Europa que se desejam novos, está, de facto, a crescer.

 

Isto acontece, apesar da tentativa constantemente renovada de prescindir dos valores que a Igreja e o Sacerdócio Católico se propõem apresentar e que são decisivos para a autêntica humanização da nossa sociedade. De facto, são muitos os que continuam a pensar e a dizer e até mesmo a propor modelos educativos que marginalizam a Igreja e com ela os valores que ela não desiste de viver e colocar no palco da vida social.

Para cumprir esta sua missão a Igreja precisa de padres.

 

Os padres são aqueles a quem Deus confia a primeira responsabilidade pela organização da vida da Igreja e das suas distintas comunidades de Fé. Mas mais do que organizadores e gestores, os padres são chamados a viver e a testemunhar a verdade que Deus quer dar a conhecer aos homens e o amor sem restrição que lhes dedica.

Ora, os modelos culturais e as propostas de vida que hoje são dominantes no nosso mundo nem sempre ajudam os nossos jovens a despertar para a beleza e a importância decisiva deste serviço à Igreja e por ela à sociedade enquanto tal. Uma cultura essencialmente marcada pela cedência ao materialismo e ao pragmatismo; uma cultura mais voltada para o sentimento, o estímulo da sensibilidade e a valorização do efémero do que para os valores perenes não ajuda a que as camadas mais jovens se concentrem no que é essencial e nos valores humanos de sempre. Mais ainda, quando se quer fazer passar a mensagem de que o centro e o critério único de todas as decisões estão só no indivíduo e na satisfação dos seus interesses e ele é que é a única medida das decisões que deve tomar, entra-se por caminhos de relativismo que não ajudam a construir personalidades fortes capazes de sacrificar tudo por ideais superiores.

 

É por isso que hoje a pastoral vocacional e sobretudo a proposta do caminho do Sacerdócio Ministerial às camadas jovens exige o apontar de modelos de vida que temos de considerar uma autêntica contra-cultura.

Não queremos nem podemos esquecer que os jovens aos quais dirigimos o convite para entrarem no Seminário e futuramente no exercício do Ministério Sacerdotal são jovens deste tempo em que vivemos, sujeitos às mesmas solicitações dos outros jovens e também com muitas debilidades e tentações comuns aos outros.

Mais ainda, ao ser-lhes proposto o caminho do Sacerdócio Ministerial também não lhes podemos apresentar só bons exemplos da parte daqueles que já somos sacerdotes ordenados. Há limitações e mesmo erros efectivamente cometidos por nós que já estamos no exercício do Ministério Sacerdotal, que não escondemos àqueles que se propõem seguir o mesmo caminho de serviço à Igreja e por ela à comunidade humana em geral.

A própria Igreja considera-se a si mesma, ao mesmo tempo, santa e pecadora, desde os tempos mais primitivos da sua existência.

É neste quadro da vida da Igreja e da nossa sociedade actual que, ao vivermos mais uma Semana dos Seminários em Portugal, desejamos dizer aos jovens da nossa sociedade que este é um caminho que vale a pena ser percorrido e, por isso, é bom que ele seja colocado entre as hipóteses de escolha àqueles que se encontram agora na fase de tomar as grandes decisões da sua vida

 

 

Guarda e Casa Episcopal, 5 de Novembro de 2010

 

+Manuel R. Felício, Bispo da Guarda

publicado por dioceseguardacsociais às 16:45

Agenda Episcopal de D. Manuel Felício

05.11.10

 

De 7 a 13 de Novembro, D. Manuel Felício, Bispo da Guarda, participa nas seguintes actividades:

Dia 7, Domingo: De Manhã, encerramento de visitas pastorais em Carvalhal (9.30 horas), Safurdão (10.45 horas) e Pínzio (12.00 horas); de tarde, no Arciprestado de Figeueira de Castelo Rodrigo, para encontro arciprestal de lançamento dos grupos bíblicos (Igreja Paroquial de Figueira de Castelo Rodrigo, 15.00 horas).

Dias 8 a 11 (de manhã) : Plenário da Conferência Episcopal, em Fátima.

Dia 11: 15.00 horas – Visita Pastoral na Paróquia de Pomares; 18.00 horas – na Paróquia de Vendada.

Dia 12: De manhã (10.30 horas) – Conselho Episcopal; 15.00 horas – Visita Pastoral à Paróquia de Manigoto.

Dia   13: 15.00 às 17.00 horas – Na Covilhã, em reunião arciprestal para lançamento dos grupos bíblicos; 18.00 horas – Na paróquia de Atalaia para encerramento de visita pastoral; 19.15 horas – na Paróquia de Vascoveiro para encerrar visita pastoral.

publicado por dioceseguardacsociais às 10:55

Fim-de-semana monástico na Guarda

05.11.10

 

A diocese da Guarda vai promover um fim-de-semana monástico, no Centro Apostólico D. João de Oliveira Matos, Guarda, nos dias 6 e 7 de Novembro. A iniciativa conta com a presença de três monges do Mosteiro de Sobrado – Galiza, dois portugueses e um espanhol. O encontro, com inscrições limitadas, tem início às 9.30 horas de Sábado e termina com o almoço de Domingo.

De acordo com os promotores do encontro, “Portugal tem uma carência muito acentuada de presença da vida monástica masculina, e todos os esforços devem ser feitos para que «a venerável instituição da vida monacal que ao longo dos séculos, tão extraordinários méritos alcançou para a Igreja e para a sociedade humana» seja conhecida, amada e desenvolvida nas nossas dioceses”.

Recorde-se que, actualmente, há três portugueses em mosteiros cistercienses da Galiza, na Espanha (um noviço, um professo temporal e um professo solene) sendo um da Diocese da Guarda (Padre José Luis dos Santos Farinha).

publicado por dioceseguardacsociais às 10:54

mais sobre mim

pesquisar

 

Novembro 2010

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
17
18
19
20
21
22
23
26
27
28
29
30

comentários recentes

mais comentados

subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro