Escola de Ministérios Litúrgicos

09.09.10

Já foi divulgado o horário para o último módulo de formação da Escola de Ministérios Litúrgicos, na Guarda., para o ano lectivo de 2010-2011.

As aulas arrancaram no dia 4 e continuam a 11, 18, 25 de Setembro;  2, 9, 16, 23, 30 de Outubro; 6, 13, 20, 27 de Novembro;  e  4, 11, 18 de Dezembro.

São Professores: de Liturgia: P. José Dionísio Sousa; Formação Musical: Andrea Soares ; Praxis: Marco Daniel Duarte; Salmista: Carla Abreu Vaz; Marco Daniel Duarte; Organista: Paulo Serra.

publicado por dioceseguardacsociais às 12:04

Agenda episcopal de D. Manuel Felício

09.09.10

De 12 a 18 de Setembro, D. Manuel Felício, Bispo da Guarda, participa nas seguintes actividades:

Dia 12, domingo: 11.30 horas – celebração da Confirmação na Paróquia do Ferro; 17.00 horas – celebração da Eucaristia na tomada de posse do Pároco de Alcaria.

Dias 14 e 15: Em Fátima, nas jornadas nacionais da Pastoral Social.

Dias 17 e 18: Mas jornadas diocesanas para lançamento do Plano Pastoral  Diocesano (Centro Apostólico – Guarda).

publicado por dioceseguardacsociais às 12:04

Jornadas diocesanas sobre Plano Pastoral

09.09.10

Realizam-se, nos dias 17 e 18 de Setembro as jornadas diocesanas sobre o Plano Pastoral que vai empenhar toda a Diocese da Guarda nos próximos anos.

No centro deste Plano Pastoral aparece a Palavra de Deus, que convoca e envia.

“Pretendemos, nestes dois dias, fazer uma sensibilização aos participantes e, através deles, à Diocese sobre o acolhimento que é devido à Palavra de Deus. De facto, nós só podemos ser a verdadeira Igreja de Jesus Cristo na medida em que vivermos da Palavra de Deus e progredirmos no exercício da responsabilida­de de a anunciar ao mundo”, explica D. Manuel Felício, na apresentação das Jornadas.

As jornadas são destinadas, principalmente, “aos agentes pastorais das nossas comunidades paroquiais juntamente com os respectivos Párocos e também os membros dos movimentos, serviços e obras da Pastoral Diocesana”, acrescenta o Bispo da Guarda.

As jornadas decorrem no Centro Apostólico D. João de Oliveira Matos (Guarda) e serão orientadas pelo Sacerdote Capuchinho Frei Herculano Alves.

 

Programa:

10.00 horas – acolhimento e oração intermédia.

10.30 às 13.00 horas – sessões de trabalho

13.00 às 14.30 horas – intervalo para o almoço

14.30 às 17.00 horas – sessões de trabalho

17.00 horas – oração conclusiva (Vésperas).

17.30 horas - Fim dos trabalhos.

publicado por dioceseguardacsociais às 12:02

Arciprestado do Rochoso prepara Ano Pastoral

09.09.10

Tendo em vista a preparação do Ano Pastoral 2010/2011, o arciprestado do Rochoso vai realizar diversas actividades, no dia 11 de Setembro.

Os trabalhos estão marcados para O Salão paroquial do Rochoso, a partir das 10.00 horas, com a realização do Conselho Arciprestal da Catequese, para o qual estão convocados todos os catequistas. Para as 14.30 horas está marcado o Conselho Pastoral Arciprestal, com a presença de um representante de cada paróquia.

O arciprestado do Rochoso tem em preparação um cartaz de divulgação do novo ano pastoral no Arciprestado do Rochoso, subordinado ao tema Diocesano "a Palavra de Deus convoca e envia".  É objectivo do Plano Pastoral da Diocese que, a partir de Novembro, todas as paróquias tenham grupos formados para reflectir o Evangelho de S. Mateus (o Evangelista do próximo Ano Litúrgico).

publicado por dioceseguardacsociais às 12:01

Badamalos sem dinheiro para obras na Igreja

09.09.10

Comissão Fabriqueira não tem verbas suficientes para avançar com o projecto

 

A Comissão Fabriqueira da Paróquia de Badamalos, no concelho do Sabugal, está a reunir verbas para poder avançar com as obras de restauro da Igreja Matriz, dedicada a S. Bartolomeu, que se encontra degradada e a necessitar de uma intervenção urgente.

O Secretário da Comissão Fabriqueira, João Nobre, explicou que o templo religioso “precisa de obras consideráveis”. “Para além da colocação de um novo telhado, substituindo a actual estrutura de madeira por uma de ferro, temos que substituir o forro, todas as portas e janelas, de restaurar o coro e de realizar melhoramentos ao nível das paredes interiores e exteriores e do pavimento”, contou.

João Nobre disse que o orçamento para a intervenção global, pelas contas do arquitecto que desenhou o projecto, “aponta para um investimento da ordem dos 70 mil euros, sem IVA”, dinheiro que a Paróquia “não tem”. “A Paróquia não tem essa verba, nem nada que se pareça. Com grande esforço, neste momento, temos cerca de 40 mil euros”, disse.

O responsável referiu que a Comissão Fabriqueira de Badamalos (formada pelo padre Hélder, João Nobre, Natália Valente, Manuel Vaz, José Messias e Isabel Monteiro) está agora na fase de avançar para a auscultação das firmas construtoras. “Estamos à espera que nos tragam os orçamentos e, ainda não sabemos se irão andar pelo mesmo valor avançado pelo arquitecto que fez o projecto, ou se serão maiores”.

Com o objectivo de angariar verbas para as obras, os elementos da Comissão Fabriqueira de Badamalos já realizaram peditórios juntos dos habitantes da freguesia e dos residentes no estrangeiro e em outros pontos do País, que ali se deslocaram durante as férias do Verão. “Tivemos alguma aderência mas é curta para aquilo de que precisamos. Tivemos algumas surpresas positivas e outras menos positivas”, referiu João Nobre, garantindo que todas as pessoas “são unânimes em reconhecer a necessidade de a obra ser efectuada”. “Algumas das pessoas que contribuíram, mostraram-se disponíveis a fazê-lo novamente, em caso de necessidade”.

No entanto, apesar do esforço e da boa vontade da população, a Paróquia tem batido a “várias portas” no sentido de recolher fundos para a intervenção que é urgente e necessária. “Temos procurado socorrer-nos de instituições, no sentido de nos ajudarem. Submetemos um projecto ao Programa de Restauro de Propriedades Urbanas de Utilização Colectiva, para sermos comparticipados na realização desta obra”, contou João Nobre, acrescentando que o próprio Governador Civil da Guarda esteve em Badamalos no domingo, dia 29 de Agosto, a quem recorremos, para ver se através dele conseguimos alguma ajuda. Ele prometeu desenvolver esforços no sentido de nos ajudar”. Acrescentou que o presidente da Câmara Municipal do Sabugal, também alertado para o problema, prometeu que a autarquia iria contribuir com “7.500 euros”.

O desejo da Comissão Fabriqueira era que as verbas reunidas permitissem que as obras fossem feitas de uma só vez, de forma contínua, mas, se tal não acontecer, João Nobre assegura que poderão ser realizadas “de forma faseada, dando prioridade ao telhado”. O telhado é a prioridade devido às infiltrações de água que ocorrem durante o Inverno, sobretudo na Capela-Mor, cujo tecto é revestido por 24 caixotões pintados.

“O grande perigo da ruína é a água que já começou a entrar no lado da Capela-Mor e tememos que as infiltrações possam danificar as pinturas e a arte sacra”, apontou o padre Agostinho Crespo Leal, natural de Badamalos.

Os cerca de 50 residentes de Badamalos, também gostavam que as obras abrangessem a recuperação da talha dos altares e de outras peças de arte sacra mas, como reconhece o Secretário da Comissão Fabriqueira, “150 mil euros não chegariam para a realização dessas obras”, referindo que só para a recuperação da arte sacra existe um orçamento que ronda os 61 mil euros.

A freguesia de Badamalos dista cerca de 28 quilómetros da sede concelhia.

A Paróquia foi uma abadia da apresentação do reitor de S. Pedro de Vilar Maior, em cujo concelho se situava antes de integrar o concelho do Sabugal. A Igreja Matriz, que é de origem muito antiga, foi restaurada em meados do século XX, mas já necessita novamente de obras.

publicado por dioceseguardacsociais às 11:59

Agenda Episcopal de D. Manuel Felício

02.09.10

De 5 a 11 de Setembro, D. Manuel Felício, Bispo da Guarda., participa nas seguintes iniciativas: 

Dia 5 de Setembro, domingo: Tomadas de posse do Pároco de Capinha (11.30 horas), Peroviseu (15.30 horas) e Salgueiro (17.00 horas).

Dia 6: À tarde, encontro ecuménico em Albergaria-a-Velha.

publicado por dioceseguardacsociais às 09:57

Diocese da Guarda prepara Plano Pastoral

02.09.10

O Centro Apostólico D. João de Oliveira Matos acolhe, a 17 e 18 de Setembro, as Jornadas de lançamento do Plano Pastoral da Diocese da Guarda.

O Plano Pastoral Diocesano propõe, para os próximos anos, um esforço, de todas as comunidades cristãs, no sentido de fazerem o encontro vivo com a Palavra de Deus contida na Bíblia. Na estruturação do trabalho será seguido o evangelista prevista para cada ano litúrgico dos ciclos A, B e C. Assim, em 2010-11, o Evangelista S. Mateus será o ponto de referência do Plano Pastoral.

“Sentimos que este encontro com a Palavra de Deus deve ser feito em pequenos grupos, grupos bíblicos e, por isso, a constituição dos grupos bíblicos em cada Paróquia ou grupo de Paróquias tem de constituir a nossa principal preocupação, no imediato” refere D. Manuel Felício, Bispo da Guarda, em nota enviada ao Jornal A Guarda.

As jornadas diocesanas para o lançamento do Plano Pastoral são especialmente direccionadas para os agentes pastorais das comunidades espalhadas pela Diocese e também para os membros dos movimentos, serviços e obras da pastoral.

D. Manuel Felício quer que “os Párocos convidem para estas jornadas sobretudo aqueles e aquelas que poderão vir a ser os animadores dos grupos bíblicos”.

As jornadas serão orientadas pelos Padres Capuchinhos, com larga e provada experiência neste trabalho.

publicado por dioceseguardacsociais às 09:57

Ruvina acolheu Festa da Liga dos Servos de Jesus

02.09.10

A 27 e 28 de Agosto, decorreu na Ruvina, concelho do Sabugal, a Festa Anual da Liga dos Servos de Jesus. O programa começou, dia 27, com o Retiro dos Servos Externos, no Centro Apostólico D. João de Oliveira Matos, na Guarda, iniciativa que contou com a participação de 30 Servos, alguns já admitidos, outros em preparação para o acto.

Com base no livro "Escritos", comentários ao evangelho de S. Mateus, de D. João de Oliveira Matos, que seria apresentado no dia da festa, foram apresentados os temas: Jesus e a lei; A confiança na providência; Os falsos profetas.

Na ocasião também foi estudada a Acta da Fundação da Liga, um dos documentos mais importantes, na compreensão do que D. João de Oliveira Matos tinha em vista, ao fundar a Liga dos Servos de Jesus.

Na parte da tarde, o padre Luis Miguel falou sobre “O apostolado: O que é ser apóstolo, já que é missão do Servo preocupar-se com a expansão do Reino de Deus”.

A Festa continuou com a vigília de oração que teve início às 22.00 horas, na Igreja paroquial da Ruvina, a que se seguiu a Procissão Eucarística para a Casa de Cristo Rei.

Durante a noite, as Comunidades das Servas sucederam-se, para adorar, louvar, reparar, dar graças e também pedir, ao Santíssimo Sacramento, solenemente exposto. Ao longo da noite, a adoração foi orientada pelas comunidades de Outeiro de São Miguel, Cerdeira, Rochoso e Beira Baixa, Ruvina, Guarda e Beira Alta.

D. Manuel Felício, bispo da Guarda e Superior da Liga, presidiu à celebração, acompanhado do bispo emérito, D. António dos Santos e de um grupo de sacerdotes.

Na homilia, D. Manuel Felício comentou alguns artigos das Constituições, lembrou os deveres dos Servos, o seu papel nas paróquias e em colaboração com os párocos e referiu-se ao novo ano pastoral, recomendando às comunidades de Servas que se abram às paróquias e proporcionem aos que o desejarem a oportunidade de rezarem em conjunto, pelo menos uma das horas da "Liturgia das Horas", que não são exclusivas dos padres, explicou, mas devem ser extensivas a todo o povo de Deus.

Depois da homilia, foram admitidos onze novos Servos Externos, dos quais faz parte o Padre Helder Lopes, actual pároco da Ruvina e de outras aldeias vizinhas.

Seguiu-se um almoço de confraternização. A Festa foi encerrada no Salão da Casa de Cristo Rei, onde foi apresentado o relatório de actividades da Liga, de 2009/2010, o livro "Escritos" e uma súmula do que foi a vida das crianças que, desde a fundação da Casa, ali foram ajudadas, sob a orientação de D. Cândida Correia, mais conhecida por D. Candidinha, à qual se sentem muito ligadas e da qual reconhecem que muito receberam. Foi uma história detalhada, contada em prosa, em verso e com cânticos, acompanhados ao órgão pelo Padre Manuel Geada Pinto.

Encerrou a Sessão o Bispo da Guarda, tendo a Festa terminado com o cântico do Hino da Liga.

publicado por dioceseguardacsociais às 09:56

mais sobre mim

pesquisar

 

Setembro 2010

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

comentários recentes

mais comentados

subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro