A recolha de assinaturas de apoio a uma petição ao Parlamento Europeu onde se abordam as problemáticas da pobreza infantil, o acesso universal aos cuidados de saúde e trabalho digno para todos; um momento de Adoração e Eucaristia na Capela de São Pedro; e um peditório de rua, são as iniciativas com que a Cáritas Diocesana da Guarda assinala a Semana Nacional da Cáritas, que está a decorrer até 7 de Março.

A iniciativa tem como tema “Erradicar a Pobreza. Radicar a Justiça” e pretende alertar as pessoas para a necessidade de “lutar por uma maior justiça social”. Segundo informação da Presidente da Cáritas Diocesana da Guarda, Emília Andrade, a recolha de assinaturas foi no dia 2 de Março, ao longo do dia, no Centro Comercial VIVACI – Guarda.

Para 4 de Março, às 18.00 horas, está anunciado o momento de Adoração e a Missa.

O peditório de rua terá lugar de 4 a 6 de Março, nas ruas da cidade da Guarda, hipermercados, escolas e envolverá professores de Educação Moral e Religiosa Católica e outros professores, e grupos de Cáritas de Aldeia de Joanes, Covilhã, Sabugal, Malcata, Gouveia, Seia, São Romão e Vide.

“O kit do peditório é constituído por um mealheiro, um crachá com o nome da pessoa, autorização do Governador Civil, autocolantes e calendários” explica Emília Andrade. Por determinação da Conferência Episcopal Portuguesa, o ofertório das Missas do próximo Domingo, 7 de Março, será para as respectivas Cáritas Diocesanas.

publicado por dioceseguardacsociais às 10:07