O Secretariado Diocesano da Família divulgou, recentemente, o calendário dos Encontros para Noivos na Diocese da Guarda, ao longo do Ano Pastoral. Estão previstos encontros em Almeida, Celorico da Beira, Covilhã, Fundão, Guarda, Penamacor, Pinhel, Tourais e Trancoso.

Em Almeida os encontros serão a 8 e 9 de Janeiro e a 9 e 10 de Julho, de 2010, na Casa Paroquial.

Em Celorico da Beira haverá encontros a 12 e 13 de Junho de 2010, no Salão Paroquial.

A formação a Covilhã será a 20 e 21 de Fevereiro, 19 e 20 de Junho e 25 e 26 de Setembro de 2010, no Seminário do Tortosendo.

No Fundão, os encontros vão decorrer no Seminário Menor e estão marcados para 20 e 21 de Fevereiro, 17 e 18 de Abril e 19 e 20 de Junho de 2010.

Os encontras na Guarda serão no Centro Apostólico, a 23 e 24 de Janeiro e a 8 e 9 de Maio de 2010.

Em Penamacor, os encontros vão decorrer no Centro de Dia de Aldeia de João Pires, a 27 e 28 de Março, de 2010.

Pinhel terá encontros a 30 e 31 de Janeiro e 3 e 4 de Julho, no Centro Paroquial.

Os encontro de Tourais (Seia) vão decorrer a 12 e 19 de Dezembro de 2009 e a 17 e 24 de Julho, de 2010, no Salão da Igreja.

Em Trancoso haverá encontro s a 17 e 24 de Abril de 2010, no Centro de Catequese.

No programa de actividades para o Ano Pastoral em curso, o Secretariado sugere algumas actividades para casais e famílias, em que se destacam: Recolecção e Ceia de Natal das Equipas de Nossa Senhora (12 de Dezembro – Guarda), Convívio de Natal das Equipas de Nossa Senhora (13 de Dezembro, Covilhã e Fundão), Retiro das equipas de Nossa Senhora (19 a 21 de Março, em Gouveia), Via-Sacra (25 de Março, na Covilhã, e 27 de Março, no Fundão), o Dia Diocesano da Família (16 de Maio), caminhada e eucaristia das equipas de Nossa Senhora (30 de Maio em Avelãs de Ambom), Convívio das Famílias (27 de Junho, Guarda e Tortosendo).

Ao apresentar o programa da Pastoral Familiar 2009/2010, o Padre Joaquim Duarte, Responsável pelo Secretariado Diocesano da Família, referiu que “é necessário que as nossas famílias cristãs redescubram a riqueza da oração familiar e a importância do sacerdócio ministerial para a vitalidade das nossas famílias e comunidades”.

publicado por dioceseguardacsociais às 11:08