Decreto reconhece «virtudes heroicas» de D. João de Oliveira Matos, auxiliar da Diocese da Guarda

 

O Papa aprovou hoje a publicação do decreto que reconhece as ‘virtudes heroicas’ de D. João de Oliveira Matos (1879-1962), bispo auxiliar da Guarda, que recebe assim o título de ‘venerável’.

O processo do bispo português, fundador da Liga dos Servos de Jesus, consta de 23 volumes e foi entregue em Roma, no dia 19 de maio de 1998.

Para a beatificação é agora necessário que a Santa Sé comprove a existência de um milagre atribuído à intercessão de D. João de Oliveira Matos, num processo que também se encontra no Vaticano.

O Papa Francisco autorizou ainda a publicação de decretos que reconhecem o martírio de 95 católicos durante a Guerra Civil de Espanha, entre 1936 e 1939, bem como as "virtudes heróicas" de um sacerdote italiano e duas religiosas, que viveram entre os séculos XVII e XIX.

publicado por dioceseguardacsociais às 14:31